Óbito

Morreu Tavares Moreira, antigo governador do Banco de Portugal

Morreu Tavares Moreira, antigo governador do Banco de Portugal

José Alberto Tavares Moreira morreu, esta segunda-feira, aos 75 anos de idade. O economista foi deputado, secretário de Estado e governador do Banco de Portugal. O funeral é esta quarta-feira, às 11 horas, na Igreja da Misericórdia da Póvoa de Varzim, de onde Tavares Moreira era natural.

José Alberto Vasconcelos Tavares Moreira era economista e trabalhou, durante vários anos, na banca: primeiro, no antigo Banco Pinto e Sotto Mayor, depois na Caixa Geral de Depósitos e, mais tarde, no banco de capitais angolanos BAI Europa.

Ingressaria no governo de Francisco Sá Carneiro em 1980 para assumir, até 1981, o cargo de secretário de Estado do Tesouro. Regressou às funções políticas no primeiro governo de Aníbal Cavaco Silva, em 1985, como secretário de Estado-adjunto do ministro das Finanças e do Tesouro, Miguel Cadilhe.

Saiu em 1986 para liderar o Banco de Portugal, onde foi o seu 13.º governador e se manteve até 1992. Quando saiu, foi condecorado pelo então Presidente da República, Mário Soares, como Grande-Oficial da Ordem Militar de Cristo.

Voltaria à política em 2002 para ser, até 2005, deputado do PSD na Assembleia da República.

Já em janeiro último, Tavares Moreira renunciou ao cargo de presidente do conselho de administração do BAI Europa. Dias depois, haveria de ser um dos visados no caso Luanda Leaks. Morreu, esta segunda-feira à noite, seis meses depois de abandonar o BAI.

O funeral de José Alberto Tavares Moreira é esta quarta-feira, às 11 horas, na Igreja da Misericórdia da Póvoa de Varzim. O velório decorre esta tarde no mesmo local.

Outras Notícias