Exclusivo

Multas por falta de limpeza dos terrenos caem quase 50%

Multas por falta de limpeza dos terrenos caem quase 50%

Regresso ao mundo rural na pandemia e notícias sobre ação da GNR são justificações. Associação de Empresas Florestais quer fim das coimas.

A GNR está a passar menos coimas a proprietários rurais por falta de limpeza dos terrenos. A tendência é generalizada no continente, com três exceções: os distritos de Setúbal, Viana do Castelo e Faro. Até 29 de agosto deste ano, os militares da Guarda tinham autuado 2217 proprietários - quase metade dos 4065 da mesma data de 2020. Para explicar a quebra, o setor admite que os proprietários estejam mais cumpridores, não só devido às campanhas de informação e ao receio das coimas, mas também pelo facto de, na pandemia, muitos terem regressado ao mundo rural.

A quebra média é de 45%, mas a realidade ao longo do país é muito diferente. Em Viana do Castelo e Faro, houve até um aumento das coimas e, em Setúbal, a subida é significativa (81%). No resto do continente, o que se viu foi uma diminuição, em alguns casos muito significativa. As maiores descidas deram-se em Santarém (-83%), Guarda e Aveiro (-77%), Braga, (-64%) e Lisboa e Bragança (-58%). No Porto, Viseu e Leiria, a quebra foi para quase metade.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG