Exclusivo

Municípios querem dar mais espaço a peões e bicicletas

Municípios querem dar mais espaço a peões e bicicletas

Responsáveis da mobilidade reconhecem ser necessário alterar cidades e comportamento dos condutores.

As câmaras municipais querem apostar na acalmia do tráfego rodoviário e impulsionar os modos de mobilidade suave, como a bicicleta, a trotineta e o andar a pé. Da lista de municípios contactados pelo JN, muitos garantem que a implementação de zonas 30 ou de limites de velocidade nos concelhos promoveu uma maior segurança rodoviária, como mais conforto para os peões, e uma melhoria da qualidade do ar.

"A preocupação com a velocidade das viaturas é muito visível, nomeadamente nas áreas residenciais. O retorno tem sido muito positivo", refere Carlos Mouta, vereador da Mobilidade e Transportes da Câmara Municipal de Matosinhos, que diz terem sido feitas alterações no espaço urbano, como um novo posicionamento das passadeiras, a colocação de lombas ou criação de espaços de parqueamento para as bicicletas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG