Exclusivo

Na rua ou em casa, há que dar as boas-vindas ao novo ano

Na rua ou em casa, há que dar as boas-vindas ao novo ano

Apesar das restrições e da menor oferta disponível, é possível assinalar com festejos a entrada em 2022.

Não parece ser uma tarefa fácil dar as boas-vindas a 2022 em clima de festa, dado o cenário generalizado de bares e discotecas encerrados e festas populares canceladas. Apesar da razia de eventos, há (ainda) algumas sugestões válidas, às quais se juntam os espetáculos de pirotecnia que dez autarquias (como as de Penafiel, Figueira da Foz ou Mafra) organizam, ajudando a compor um roteiro (im)possível para entrar em 2022 da melhor forma.

porto - Festa na Alfândega pela noite fora

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG