O Jogo ao Vivo

Congresso

"Não há aqui analfabetos", diz presidente da mesa do Chega

"Não há aqui analfabetos", diz presidente da mesa do Chega

O Chega suspendeu, esta tarde, os trabalhos do congresso durante 15 minutos, para dar tempo aos delegados de preparem a apresentação das 80 moções temáticas.

O presidente da mesa, Luís Graça, já alertara os delegados para consultarem as moções na plataforma da internet criada para o efeito e as apresentarem de forma sucinta.

"São 80", disse, adiantando que se todos lessem e se votasse em seguida, demorariam "vários dias" a terminar este processo. "Eu fico aqui 15 dias, por mim está tudo bem", mas apelou aos deputados para agilizarem os trabalhos do III Congresso do partido, que está a decorrer em Coimbra.

"As moções estão no portal", lembrou, sublinhando que "não há aqui analfabetos".

"Não venham ler, têm dois minutos para as apresentações", acrescentou. A delegada a seguir, no entanto, começou a ler e excedeu os cerco de dois/três minutos previstos para cada um, levando o presidente da mesa a exaltar-se e a suspender os trabalhos. Recomendou que os delegados fossem "lá para fora" e "descarregar o stress" e depois retomarem "os trabalhos a sério".

Os trabalhos foram entretanto retomados e foi decidido que as moções serão todas apresentadas de uma vez e votadas ao final da tarde, antes do discurso do líder previsto para as 18 horas,

Os jornalistas não tiveram acesso às moções, uma vez que o presidente da mesa decidiu que só estariam disponíveis para os congressistas.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG