Covid-19

Desde 25 de agosto que não havia um dia com menos de 200 novos casos

Desde 25 de agosto que não havia um dia com menos de 200 novos casos

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 193 casos e quatro mortes por covid-19. Há mais cinco internados, mas menos nove em cuidados intensivos. Recuperaram mais 349 pessoas.

Desde o início da pandemia, em março de 2020, o país contabiliza 16 879 óbitos associados à covid-19 e um total de 823 335 casos de infeção confirmados.

Há ainda 517 pessoas internadas (mais cinco do que ontem), sendo que 117 estão em Cuidados Intensivos (menos nove). Segundo o Boletim emitido pela Direção-Geral da Saúde (DGS), 349 pessoas recuperaram da doença (num total de 780 322) e há menos 160 casos ativos no país (no total são 26.134). Há menos 131 contactos em vigilância, passando o total para 15 960.

Em comparação com o boletim de sábado, o número de novos casos baixou de 280 para 193 e o de mortes de sete para quatro. Só no dia 25 de agosto é que houve um número de novos casos mais baixo do que o de hoje, na altura com 192 infeções (numa segunda-feira), o que pode estar relacionado com o facto de este ser um fim de semana prolongado e por isso terem sido realizados menos testes. Desde essa data, não tinha havido nenhum dia abaixo dos 200 casos.

No entanto, a média semanal de novos casos volta a subir depois de nove semanas a baixar. Na última semana, de segunda a domingo, registou-se um total de 2928 novos casos, com uma média diária de 418,2 contágios, superior à média de 411 casos por dia na semana anterior, entre 22 e 28 de março, com um total de 2877 novas infeções. A última vez que se registou uma subida na média semanal foi em janeiro, se comparadas as semanas de 11 a 17 e de 18 a 24 de janeiro.

R(t) já estará acima do limite

PUB

Tal como o JN noticiou na sexta-feira, o INSA estima que o índice de transmissibilidade do SARS-CoV-2 (Rt) já terá atingido 1,02 no passado domingo, o valor mais alto desde janeiro. O dado consta do relatório de situação publicado na sexta-feira, onde se lê que "o valor médio do Rt para os dias de 24-03-2021 a 28-03-2021 foi de 0,97, podendo o seu verdadeiro valor estar entre 0,96 e 0,99".

Os dados do relatório deste domingo referentes ao R(t) e à taxa de incidência mantêm-se (são atualizados às segundas, quartas e sextas) e mostram que o índice passou de 0,94 na quarta-feira para 0,97 na sexta-feira. Portugal mantém-se assim na zona verde, mas aproxima-se da zona amarela, o que poderá obrigar a alterações no plano de desconfinamento.

Quanto à taxa de incidência, há 65,6 casos de infeção por SARS-CoV-2 por cada 100 mil habitantes a nível nacional e 62,9 se considerado apenas o continente.

Lisboa e Vale do Tejo com mais novos casos e mortes

Lisboa e Vale do Tejo foi a região com mais novos casos nas últimas 24 horas, com 111. Seguem-se o Norte, com mais 30, o Centro, com 19, a Madeira, com 14, o Alentejo, com 11, e o Algarve, com oito. O arquipélago dos Açores não registou novas infeções.

Três das quatro mortes foram registas em Lisboa e Vale do Tejo e uma no Norte. Morreram um homem com idade entre 60-69 anos e um homem e duas mulheres com mais de 80 anos. Desde o início da pandemia, já morreram 8861 homens e 8018 mulheres.

Menos 116 internados e 25 doentes nos cuidados intensivos numa semana

Em comparação com o boletim do passado domingo, o número de novos casos baixou de 365 para 193 (menos 172) e o número de mortes desceu de 10 para quatro (menos seis). Numa semana, o número de internados baixou de 633 para 517 (menos 116) e o número de doentes em cuidados intensivos baixou de 142 para 1117 (menos 25).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG