Premium

O império da família Dos Santos: dos resíduos à alta finança

O império da família Dos Santos: dos resíduos à alta finança

Ex-presidente angolano é acusado de distribuir riqueza e facilitar negócios a nove filhos durante décadas. Diamantes, petróleo, energia e comunicações são alguns setores onde foi feita fortuna.

Há exatamente uma semana, a investigação jornalística Luanda Leaks revelava o que já pairava no ar: Isabel dos Santos, filha do ex-presidente angolano José Eduardo dos Santos, terá beneficiado, ao longo de décadas, de favorecimento político e económico em negócios espalhados um pouco por todo o Mundo. O alegado desvio de 115 milhões de dólares da petrolífera estatal Sonangol para uma conta da própria no Dubai foi uma das principais descobertas do Consórcio Internacional de Jornalismo de Investigação (ICIJ).

Um caso que despertou o interesse da Justiça e que colocou na mira a família do ex-presidente de Angola. Na sua presidência, entre 1979 e 2017, foram vários os membros da família (mulheres, filhos, cunhados e sobrinhos) que beneficiaram da posição de José Eduardo dos Santos. Dos dez filhos que teve com seis mulheres, o líder histórico do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA) distribuiu riqueza por quase todos.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG