Exclusivo

Óbidos e Feira perdem 10 milhões sem aldeias de Natal

Óbidos e Feira perdem 10 milhões sem aldeias de Natal

Eventos atraíam todos os anos centenas de milhares de pessoas aos dois concelhos. Autarquias tentam minimizar prejuízos na economia local.

O cancelamento de dois dos maiores parques temáticos de Natal do país, o de Perlim, em Santa Maria da Feira, e a Vila Natal, em Óbidos, por causa da pandemia, vai causar um rombo estimado em mais de 10 milhões de euros na economia local dos dois concelhos. Sem os milhares de visitantes que todos os anos rumavam a estes eventos, muitos deles espanhóis, as autarquias procuram oferecer outro tipo de atrativos para tentar minimizar o impacto económico daqueles que eram considerados os grandes eventos das respetivas regiões.

"Este era o grande evento do ano, que equivalia a metade do orçamento da Óbidos Criativa e libertava valor para aplicar noutros projetos culturais com menor retorno, mas não podemos baixar os braços. Demos uma nova roupagem à vila e temos procurado passar a mensagem que continuamos a trabalhar para que voltem a visitar-nos", disse ao JN o presidente da empresa municipal que organiza a Óbidos Vila Natal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG