O Jogo ao Vivo

DGS

OMS visita Portugal para avaliar resposta a emergências de saúde pública

OMS visita Portugal para avaliar resposta a emergências de saúde pública

Uma equipa da Organização Mundial da Saúde (OMS) visita Portugal esta semana no âmbito de um projeto piloto que pretende avaliar e reforçar a resposta a emergências de saúde pública, anunciou a Direção-Geral da Saúde.

Com esta iniciativa será possível avaliar como correu a resposta portuguesa à pandemia e os resultados preliminares desta primeira visita serão apresentados num encontro na sexta-feira, no auditório do Infarmed, em Lisboa.

De acordo com a DGS, a visita da equipa da OMS decorre no âmbito da Universal Health and Preparedness Review (UHPR), uma iniciativa que "pretende reforçar a partilha de recursos da saúde com parceiros das áreas do ambiente, saúde animal, defesa, administração interna, igualdade de género, entre outras, no âmbito da preparação e resposta a emergências de saúde pública".

PUB

"Sendo Portugal um país piloto nesta iniciativa, pretende-se que esta seja uma oportunidade para afinar os instrumentos globais para avaliação da capacidade dos Estados membros das Nações Unidas", acrescenta.

Na segunda-feira decorrerá a sessão inaugural da visita, no auditório do Infarmed, que contará com a presença de Jaouad Mahjour, subdiretor-geral para a área de preparação para emergências da OMS, de Gerald Rockenschaub, diretor do programa das emergências da OMS Europa, e de Stella Chungong, diretora para a Segurança em Saúde na sede da OMS.

Serão desenvolvidos grupos de trabalho com instituições dos diferentes setores e realizadas visitas às regiões do Norte, Lisboa e Vale do Tejo e Algarve.

"A visita da OMS a Portugal torna-se oportuna num momento de reflexão sobre a pandemia e as lições aprendidas, que permitirá reforçar os mecanismos, recursos, equipamentos e processos intersectoriais com impacto positivo na resposta a emergências de saúde pública", refere a DGS, em comunicado.

Os resultados finais deste trabalho serão apresentados na Assembleia Mundial da Saúde.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG