Exclusivo

Ordem dos Médicos acredita que crianças vão ser vacinadas

Ordem dos Médicos acredita que crianças vão ser vacinadas

Especialistas ouvidos pelo JN pesam prós e contras e veem mais vantagens do que riscos em inocular menores contra covid.

"Estou convencido de que a Direção-Geral da Saúde (DGS) vai recomendar a vacinação das crianças contra a covid-19, no grupo etário dos 12 aos 15 anos", diz ao JN Miguel Guimarães, bastonário da Ordem dos Médicos (OM). O especialista sublinha que "a Ordem apoiará sempre a decisão da DGS" e prevê que a autoridade de saúde do Governo português, que é dotada de autonomia administrativa, "vai anunciar a sua recomendação na próxima semana".

Miguel Guimarães reconhece que "há hoje uma grande pressão social e política para a DGS emitir a sua recomendação", mas lembra que "é preciso seguir as evidências científicas" e "confiar na ciência", que "tem argumentos sérios e verdadeiros". E aponta que "tanto a EMA [Agência Europeia do Medicamento], como a sua congénere americana FDA [Food and Drug Administration], recomendaram já, e sem restrições, que se vacinem as crianças a partir dos 12 anos". As agências já aprovaram a inoculação de menores com as vacinas da Pfizer e da Moderna. "São só as duas agências mais importantes do mundo nesta matéria", vinca Miguel Guimarães.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG