Acidentes

Casos em que quedas de grande altura se revelaram fatais

Casos em que quedas de grande altura se revelaram fatais

Um menino de seis anos morreu, na segunda-feira, depois de cair de um nono andar de um prédio localizado na Tapada das Mercês, freguesia de Algueirão-Mem Martins, no concelho de Sintra. O JN recuou até 2009 e fez uma recolha de casos em que quedas de varandas e edifícios se revelaram fatais ou provocaram ferimentos graves às vítimas.

1 de maio de 2009

Um menino de cinco anos morreu quando caiu da varanda do quarto andar de um prédio de habitação, situado na Avenida Cidade de Lisboa, em S. Marcos, concelho de Sintra.

PUB

23 de julho de 2009

José de Abreu, de 83 anos, morreu quando caiu da varanda de sua casa, desde uma altura de 15 metros, na Praça do Comércio, em Braga.

Outubro de 2009

A filha de Miguel, futebolista da seleção, caiu do nono andar de um prédio no Parque das Nações, em Lisboa. A criança de seis anos sobreviveu por ter sido amortecida por um canteiro que circunda todo o edifício.

1 de novembro de 2009

Uma mulher de nacionalidade moldava, com 32 anos, morreu depois de cair da varanda onde estendia roupa, num prédio de Mozelos, Santa Maria da Feira.

31 de março de 2010

Artur Pimentel, um estudante português de 17 anos, morreu na sequência de uma queda da varanda de um hotel em Lloret de Mar, Espanha. O jovem, oriundo de Lamego, participava numa viagem de finalistas.

23 de maio de 2010

Um rapaz de 10 anos caiu, de uma altura de 12 metros, da varanda do quarto andar do apartamento onde residia com a família, em Azurém, Guimarães. O rapaz caiu em cima de uma viatura ligeira, deixando amolgadelas visíveis, que amorteceu a queda da criança, antes de chegar ao chão.

26 de agosto de 2010

Jéssica Almada, uma criança de dois anos, caiu de uma varanda para a rua, numa altura de cerca de oito metros. Um ex-bombeiro prestou-lhe os primeiros socorros antes da chegada do INEM. O acidente ocorreu num segundo andar de uma casa na rua 1º de Maio, em Odivelas.

10 de setembro de 2010

Francisco Fernando Costa, de 59 anos, reformado, morreu ao cair da varanda, a cinco metros do solo, de uma casa em reconstrução em Cubos, Mangualde. O acidente ocorreu quando a vítima ajudava, com mais dois homens, a levantar vigas para o telhado que estava a ser substituído.

28 de abril de 2014

Um casal de nacionalidade holandesa morreu na sequência de uma queda da varanda do apartamento em que residia em Lagos, no Algarve. O homem, de 57anos, e a mulher, de 58, caíram de uma altura de cerca de 20 metros. Bombeiros Voluntários de Lagos e do INEM tentaram a reanimação, mas as vítimas não resistiram à gravidade dos ferimentos.

17 de julho de 2014

Uma mulher com 88 anos não resistiu aos ferimentos provocados por uma queda na varanda de casa. A idosa tinha ido ao quintal nas traseiras da residência, na freguesia de Palmeira, em Braga, mas desequilibrou-se e caiu de uma altura pouco superior a dois metros. Os Bombeiros Sapadores de Braga e o INEM estiveram no local e prestaram os primeiros socorros à vítima, que ainda falou, mas acabou por sucumbir já no hospital da mesma cidade.

7 de outubro de 2014

Um homem, de 59 anos, morreu depois de ter sofrido uma queda da varanda da sua residência, em Santa Eufémia de Prazins. Os Bombeiros Voluntários das Taipas prestaram os primeiros socorros à vítima, que foi transportada ainda com vida para o Hospital de Braga. Apesar dos esforços, acabaria por falecer cerca de 15 minutos depois de ter dado entrada na unidade hospitalar.

5 de junho de 2015

Um jovem de 18 anos morreu na Faculdade de Medicina Veterinária, em Lisboa. O estudante caiu de uma espécie de varanda com seis metros de altura, situada no telhado da instituição de ensino superior.

5 de junho de 2015

Alberto Paulo Gonçalves, de 48 anos, que estaria a consertar um estendal da roupa, morreu ao cair da varanda, com uma altura superior a 10 metros, da casa onde residia, nas Termas de S. Vicente, em Penafiel.

7 de março de 2016

Um homem de 74 anos caiu da varanda de uma moradia, em Arrifana, ficando em estado grave. Sofreu uma queda de quatro a cinco metros de altura, segundo fonte dos Bombeiros de Arrifana. A vítima terá sido encontrada no chão e em estado inconsciente, por familiares.

31 de janeiro de 2017

Uma jovem de 16 anos morreu vítima de uma queda de um 3º andar, do apartamento onde residia, no Montijo. Filipa Costa ter-se-á desequilibrado da varanda do prédio e caído desamparadamente no chão, acabando por não resistir aos ferimentos.

1 de abril de 2017

Um homem, de 71 anos, morreu depois de ter caído da varanda do Lar de Nossa das Dores, no centro de Vila Real. O homem terá caído de uma altura de cerca de seis a sete metros e de seguida transportado para o hospital central de Vila Real onde o óbito acabou por ser declarado.

16 de julho de 2017

Um homem, com cerca de 70 anos, morreu após ter caído da varanda do terceiro andar de um prédio da Alameda Professor Abel Salazar, em Guimarães.

2 de agosto de 2017

Tomás Santos Revez, de quatro anos, morreu depois de cair de uma varanda onde estaria a brincar com um cão, em Tavira. De acordo com o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro, a vítima foi transportada em estado grave para o Hospital de Faro, onde veio a falecer.

15 de dezembro de 2017

Um bombeiro da corporação da Póvoa de Lanhoso morreu após uma queda da varanda do terceiro andar do apartamento onde residia. Rui Ribeiro tinha 38 anos e estava a pôr as luzes de Natal em casa quando aconteceu o acidente.

30 de julho de 2018

Uma mulher, de 81 anos, morreu depois de cair da varanda da casa onde residia em Riba de Ave, Vila Nova de Famalicão. Caiu de uma altura de cerca de três metros.

8 de dezembro de 2018

Uma mulher, de 80 anos, morreu em consequência de uma queda de um terceiro andar, em Oliveira de Azeméis. A vítima, Maria de Lurdes Pereira Matos, estaria sentada num banco na varanda do apartamento quando, por motivos desconhecidos, caiu para a rua.

12 de julho de 2019

Um menino de três anos caiu do segundo andar de um prédio, na Estrada Exterior da Circunvalação, perto da rotunda AEP, Matosinhos. A criança sobreviveu ao acidente graças a um toldo de uma escola de condução situada no rés-do-chão do prédio.

28 de agosto de 2019

Um homem caiu da varanda da sua casa, em Braga. A queda de cerca de cinco metros, da varanda para o solo em cimento, nas traseiras do seu apartamento, causou traumatismos nos membros inferiores e na coluna cervical.

31 de agosto de 2019

João Luís Mestre, médico de 69 anos, morreu depois de cair da varanda, com cerca de três metros de altura, para o jardim de sua casa, em Portomar, Mira.

2 de setembro de 2019

Uma mulher, de 30 anos, morreu após ter caído de um 4º andar de um prédio no centro da cidade da Trofa.

25 de setembro de 2019

Um jovem de 25 anos ficou gravemente ferido na sequência da queda de uma espécie de varanda, no edifício Translande, em Bragança. Segundo uma fonte dos Bombeiros de Bragança, a vítima de nacionalidade brasileira foi transportada para uma unidade hospitalar do Porto.

25 de setembro de 2020

Um adolescente de 19 anos morreu após uma queda de um terceiro andar, no Casal de São Brás, Amadora. A queda fatal ocorreu na Estrada da Serra da Mira, ao nível de um terceiro andar, com cerca de nove metros de altura.

28 de setembro de 2020

Um menino, de seis anos, morreu depois de cair de um nono andar de um prédio localizado na Tapada das Mercês, no concelho de Sintra. Quando as equipas de socorro chegaram ao local, acompanhadas por uma equipa de apoio psicológico, a criança já se encontrava em paragem cardiorrespiratória.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG