Parlamento

Edite Estrela e Adão Silva vice-presidentes da AR. Candidatos do Chega e IL chumbados

Edite Estrela e Adão Silva vice-presidentes da AR. Candidatos do Chega e IL chumbados

Os nomes indicados pelo Chega e pela Iniciativa Liberal para a vice-presidência da mesa da Assembleia da República, Diogo Pacheco de Amorim e João Cotrim de Figueiredo, foram rejeitados pelo Parlamento na primeira votação. Gabriel Mithá Ribeiro, segundo nome proposto pelo Chega, também não reuniu os votos necessários.

Na eleição para escolher os vice-presidentes da mesa da Assembleia da República (AR), confirmou-se o que já era esperado: o Chega viu o seu primeiro nome ser reprovado com 183 votos brancos e 35 a favor. O que significa que outras bancadas além do Chega votaram a favor do candidato de extrema-direita. A surpresa foi o Parlamento ter chumbado o candidato da Iniciativa Liberal (IL), João Cotrim de Figueiredo, com 110 votos brancos e 108 a favor. Foram eleitos para vice-presidente da mesa da AR os candidatos do PS e PSD - Edite Estrela e Adão Silva, respetivamente.

Diogo Pacheco de Amorim já tinha o chumbo pré-anunciado com votos contra do BE, PCP e Livre. No entanto, como ficou acordado na Conferência de Líderes, o Chega voltou a apresentar novo candidato, o deputado Gabriel Mithá Ribeiro, que também não reuniu os votos necessários. A Iniciativa Liberal lamentou o chumbo de Cotrim e saiu da corrida, não voltando a apresentar novo nome e abdicando de ter representação na mesa.

PUB

Recorde-se que os quatro partidos com maior representação parlamentar - PS, PSD, Chega e IL - têm direito a indicar um nome para ir a votos para a vice-presidência da mesa da AR. Segundo o Regimento da Assembleia da República, para serem eleitos os candidatos têm de obter "a maioria absoluta dos votos dos Deputados em efetividade de funções".

A sessão legislativa desta quinta-feira começou às 15 horas e foi interrompida para que os deputados pudessem votar os vice-presidentes até às 16 horas. A sessão foi retomada às 16.30 horas para anunciar os resultados. Pouco depois, o Parlamento retomou a sessão, com o chumbo do nome de Gabriel Mithá Ribeiro, segunda proposta do Chega para vice-presidente da Assembleia da República. O Chega voltará a apresentar uma nova candidatura, como ficou acordado em Conferência de Líderes, "quando apropriado", disse André Ventura.

A mesa da AR prossegue os trabalhos com apenas dois vice presidentes eleitos, Edite Estrela e Adão Silva, do PS e PSD, respetivamente.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG