OE2022

PAN redige normas com Governo e deve reunir-se quarta com Costa

PAN redige normas com Governo e deve reunir-se quarta com Costa

O PAN está "a afinar com o Governo as normas" de medidas que quer ver inscritas no Orçamento do Estado (OE), disse ao JN Bebiana Cunha, líder parlamentar, após ter-se reunido com o ministro João Leão e o secretário de Estado Duarte Cordeiro. Em fase "de redação dessas normas", o partido deverá reunir-se quarta-feira com António Costa para negociar medidas, de um conjunto de 100. A "bola" está do lado do Executivo, mas há acordo à vista.

No balanço das negociações, que vão continuar a decorrer esta semana quer a nível de reuniões ao mais alto nível quer setoriais, Bebiana Cunha ressalvou ser ainda "precoce" falar de um acordo, mas avançou que os encontros giram agora "em torno da discussão e redação das normas a inserir" e do "respetivo calendário". O que indicia que deverá viabilizar o documento na generalidade, dia 27, e prosseguir a negociação na especialidade.

"Estamos a afinar as normas com o Governo", reforçou Bebiana Cunha, cujo partido apresentou "um pacote de 100 medidas" para o OE do próximo ano. "A redação não está ainda fechada" e "a bola está do lado do Governo".

Carreira de técnico auxiliar de saúde

As prioridades do PAN são ao nível da saúde, incluindo a mental, da educação, do ambiente, da proteção social e animal, e da agricultura. Uma exigência é "recuperar" a carreira de técnico auxiliar de saúde.

Na proteção animal, a deputada nota que conseguiram que fosse inscrita no Orçamento uma verba de 10 milhões de euros, à semelhança do último OE.

No arranque deste processo, o PAN avançou com propostas nas mais diversas áreas, como por exemplo o fim das isenções sobre os produtos petrolíferos, a redução para 13% no IVA para a atividade física, a deseucaliptização do país devido aos incêndios e o alargamento do programa destinado aos sem-abrigo.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG