Exclusivo

Pandemia estraga a festa na maioria dos concelhos do país

Pandemia estraga a festa na maioria dos concelhos do país

Câmaras cancelam passagens de ano na rua. Alguns mercados de Natal mantêm-se mas muitos eventos já não vão acontecer. Caminha e Vila Real devem festejar.

O aumento do número de casos de covid-19 está a levar ao cancelamento de muitos eventos de Natal e de passagem de ano do Norte ao Sul do país. A maioria das câmaras tem eventos cancelados e são poucas as que arriscam em espetáculos de ano novo. Depois de 2020, a pandemia volta a estragar a festa.

No Porto, Rui Moreira cancelou a festa de rua e o fogo de artifício da noite de 31 para "evitar a concentração" de pessoas. Já em Paredes foram cancelados os espetáculos musicais e mantém-se o fogo. Penafiel e Paços de Ferreira ainda não decidiram. Espinho, Matosinhos, Gondomar e Maia também cancelaram os espetáculos de fim de ano. "Manter-se-ão a pista de gelo, o comboinho de Natal e o mercadinho de Natal", ressalva a autarquia da Maia. Em Gaia, volta a haver Praça de Natal. Já Santo Tirso está a avaliar e Trofa cancelou o mercado de Natal e a pista de gelo, na Alameda da Estação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG