O Jogo ao Vivo

Lusíadas Saúde Porto Sailing: uma regata para todos

Lusíadas Saúde Porto Sailing: uma regata para todos
Produzido por:
Brand Story

Serão dois dias de emoções fortes num dos mais emblemáticos eventos de vela em Portugal, com a Women on Water Regatta e a Regata do Infante. O Porto Sailing traz ainda, e pela primeira vez, a oportunidade de todos poderem viver este momento.

É na Douro Marina, em Vila Nova de Gaia, que, entre hoje e amanhã, irá decorrer a primeira regata nacional totalmente acessível e inclusiva. O grupo Lusíadas Saúde, presente de norte a sul do país para cuidar de todos, promove mais uma edição da Porto Sailing, que é já um dos mais emblemáticos eventos de vela em Portugal. Este ano, o programa foi pensado para que todos possam aproveitar, quer sejam atletas ou espectadores.

Nas águas do rio Douro irá navegar o Barco Lusíadas For All, o primeiro catamaran do mundo que reúne os requisitos técnicos e de segurança necessários para alargar a prática de vela a toda a população. A embarcação, desenvolvida em Portugal para a BBDouro, tem na sua plataforma central quatro lugares adaptados para cadeiras de rodas, lugares esses que serão ocupados pela equipa da Associação "Sim, Somos Capazes", um projeto de inovação social que promove a integração de jovens com deficiência intelectual com aspirações e competências que os distinguem dos demais.

"Referência nacional e integrado no maior grupo de saúde do mundo, o UnitedHealth Group, o Grupo Lusíadas é o maior parceiro de saúde do desporto nacional. E, enquanto organização socialmente responsável, somos igualmente promotores dos princípios da Inclusão e da Diversidade", afirma Vasco Antunes Pereira, CEO e Presidente do Comité de Inclusão e Diversidade do Grupo Lusíadas Saúde.

Organizado sob o mote "Içamos as velas do desporto para todos", o Lusíadas Saúde Porto Sailing foi pensado para que a acessibilidade se estendesse também ao público, uma estreia neste tipo de eventos. Será disponibilizada uma planta 2D do recinto e espaços acessíveis nas situações de mobilidade reduzida e língua gestual, algo que só é possível devido a uma parceria com a Associação "Accessible Portugal".

"À luz deste posicionamento que a Lusíadas assume o compromisso de tornar acessível a prática desportiva a toda a população. A edição deste ano da Lusíadas Saúde Porto Sailing reveste-se, por isso, de especial relevância. É o primeiro evento de vela nacional projetado para ser verdadeiramente inclusivo", aponta ainda o gestor do grupo que, no norte, disponibiliza os seus serviços no Porto, em Gaia e em Braga.

Para aqueles que quiserem pensar mais e melhor o tema da inclusão, a programação inclui ainda um espaço de debate e reflexão, com a organização da conversa "Aceita o desafio de ser inclusivo e consciente?". No palco, estarão reconhecidos exemplos de superação, com histórias de vida inspiradoras, como Jorge Pina, atleta paralímpico, Mafalda Ribeiro, comunicadora e autora do projeto "Sorrir sobre rodas", e Bento Amaral, Enólogo do IVDP e campeão do mundo de vela adaptada.

Na competição, a agenda está preparada para que os aficionados da vela desfrutem de alguns momentos únicos da modalidade. Durante estes dois dias, vão ser apuradas as atletas que irão representar o nosso país na final mundial da categoria SB20, que terá lugar em Cascais, entre 15 ea 17 de outubro de 2021. A disputa terá lugar na Women on Water Regatta, a única regata com tripulação exclusivamente feminina em Portugal. Já a Regata do Infante irá trazer a maior prova de embarcações tipo cruzeiro do norte de Portugal, com uma chegada singular na icónica zona histórica da ribeira do Porto e Vila Nova de Gaia.

E se falar de inclusão nada serve se não tivermos um planeta para habitar, o evento considera ainda a preservação e consciencialização ambiental como valores a não esquecer. Para minimizar o impacto ambiental do evento, a organização da Lusíadas Saúde Porto Sailing 2021 cumpre os requisitos do programa "Clean Regatta", único no mundo na certificação de sustentabilidade ambiental de regatas. O evento integra ainda na sua cadeia de valor a contratação de bens e serviços a organizações sociais.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG