Covid-19

PCP quer saber "justificação" para Estado voltar a pagar pelos testes PCR a laboratórios

PCP quer saber "justificação" para Estado voltar a pagar pelos testes PCR a laboratórios

O grupo parlamentar do PCP questionou esta terça-feira o Governo sobre qual é a "verdadeira justificação" para o Estado voltar a pagar mais pela realização de testes ​​​​​​​PCR em laboratórios privados.

De acordo com uma pergunta endereçada à Ministra da Saúde, através da Assembleia da República, a bancada comunista considerou "inaceitável" a "decisão de aumentar o valor pago pela realização" destes testes para detetar o SARS-CoV-2, e que os privados estejam a utilizar a pandemia "como pretexto para aumentar os seus lucros".

Na segunda-feira, o jornal Público noticiou que o Estado voltou a pagar mais pela realização de testes PCR em laboratórios privados, depois de ter acordado a redução do preço com estas entidades.

De acordo com o diário, o Ministério da Saúde acordou no final de maio a redução para 40 euros, que entrou em vigor em 7 de junho. No entanto, a tutela voltou a negociar o preço para 45 euros no final de junho.

Por isso, o PCP quer saber qual é "a verdadeira justificação para o aumentar para 45 euros, poucos dias depois de ter sido reduzido para 40 euros" e se a justificação do executivo socialista para a redução, "nomeadamente a redução dos custos de realização por teste, bem como a redução dos preços dos produtos utilizados, deixou de ser válida".

O grupo parlamentar comunista questionou também sobre qual foi "o valor pago pelo Serviço Nacional de Saúde (SNS) aos laboratórios privados pela realização dos testes PCR" desde o início da pandemia, solicitando "o valor pago e o número de testes desagregados por prestador convencionado".

"Se a intenção é aumentar a capacidade de resposta laboratorial, o que impede o Governo de investir no reforço da capacidade do SNS na realização dos testes, seja na recolha das amostras, seja na análise laboratorial", interpela também o partido.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG