Exclusivo

"Pensão na hora" já atribuiu dez mil reformas em 24 horas

"Pensão na hora" já atribuiu dez mil reformas em 24 horas

A Segurança Social já recebeu 33 mil pedidos de reforma através do portal "Pensão na hora", uma ferramenta digital criada há cerca de um ano para simplificar e acelerar o processo de atribuição da pensão de velhice. Entre os pedidos submetidos online, dez mil foram deferidos automaticamente, ou seja, nas 24 horas seguintes à entrada do requerimento por cumprirem os requisitos de acesso à pensão provisória.

Os dados foram enviados ao JN pelo Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social. Segundo a tutela, os pedidos de reforma feitos online já representam 30% do total de requerimentos.

"O pedido da pensão online contribui para uma maior celeridade no tratamento da pensão, mesmo quando não cumprem os requisitos para atribuição automática", destacou ao JN gabinete de Ana Mendes Godinho, sublinhando ainda que, "neste momento, podem ser apresentados online na Segurança Social Direta todos os pedidos de pensão velhice".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG