Exclusivo

Perde bebé após ter feito mais de 100 quilómetros para chegar à maternidade

Perde bebé após ter feito mais de 100 quilómetros para chegar à maternidade

Urgência fechada em Abrantes obrigou-a a ir para Santarém. Hospital e IGAS abrem inquérito.

Uma mulher, de 41 anos, residente em Vila de Rei, Castelo Branco, deslocou-se, na madrugada de quarta-feira, ao Hospital Distrital de Santarém (HDS), por suspeitar que ia entrar em trabalho de parto. Mas, quando chegou à unidade hospitalar, o bebé já se encontrava sem vida. Grávida de risco, teve de percorrer 100 quilómetros até à maternidade mais próxima, pois a Urgência de Obstetrícia do Hospital de Abrantes, a 30 quilómetros de sua casa, estava fechada. A Inspeção-Geral das Atividades em Saúde (IGAS) abriu um inquérito.

Pelo que o JN apurou, a mulher ter-se-á levantado com sinais de parto e foi consultar o portal do SNS para saber a que unidade de saúde se devia dirigir. Ao constatar que a Urgência de Obstetrícia do Hospital de Abrantes do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT), a mais próxima da área de residência, não estava a funcionar, percorreu mais 70 quilómetros até chegar a Santarém.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG