Exclusivo

Peritos acordam linha vermelha nos 480 casos por 100 mil habitantes

Peritos acordam linha vermelha nos 480 casos por 100 mil habitantes

Ritmo da vacinação e rácio cuidados intensivos/casos permitem alargar matriz de risco. Limiar das UCI nas 255 camas. Curva já está a descer e R nacional chegou a 1.

Apresentada a 11 de março como farol da pandemia em Portugal, a matriz de risco tem estado no centro da discussão. Se, na altura, apenas 3% da população tinha a vacinação completa, hoje esse valor rondará já os 50%. Com impactos na mortalidade e nos internamentos, apesar da incidência elevada. Razão pela qual os peritos que traçaram as linhas vermelhas consensualizaram novas métricas. A linha vermelha crítica da incidência poderá duplicar para os 480 casos a 14 dias por 100 mil habitantes e o limite de camas ocupadas em cuidados intensivos (UCI) covid passar das 245 para as 255.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG