O Jogo ao Vivo

Premium

Picadas de vespa ou abelha mataram três pessoas num mês

Picadas de vespa ou abelha mataram três pessoas num mês

Casos em Guimarães, Cantanhede e Oliveira do Bairro. Ataque de um só inseto apenas é fatal para quem for alérgico e há formas de tratar a alergia.

Em 26 dias, três pessoas morreram na sequência de ataques de vespas ou abelhas em Portugal. Embora só uma das três mortes possa ser atribuída à picada de vespa-velutina, também conhecida por asiática, o aumento da população desta espécie faz aumentar a probabilidade de ataques.

A última morte relacionada com picadas de vespas ou abelhas aconteceu no domingo em Guimarães. Bruno Silva, de 32 anos, estava no exterior de casa quando foi atacado por uma vespa-crabro, conhecida por vespa europeia e comum em Portugal, que chega a ser maior que a asiática. Morreu por asfixia em menos de 10 minutos pois era alérgico.