Exclusivo

Pico da sexta vaga já passou, incidência inicia descida e R perto de 1

Pico da sexta vaga já passou, incidência inicia descida e R perto de 1

Portugal com 41,4 óbitos por um milhão de habitantes, mas letalidade começou a descer. Depois de alavancar subida, a região Norte regista uma quebra de 10%.

Na passada quinta-feira, e pelo segundo dia consecutivo, a média a sete dias de novos casos caiu. O R iniciou também uma descida consistente e está agora muito perto de 1. A mortalidade continua elevada, com 41,4 óbitos por um milhão de habitantes a 14 dias, o dobro do limiar recomendado pelos peritos. Contudo, a letalidade inverteu a tendência de subida. O que leva os especialistas a considerarem, como o Governo admitiu nesta semana, que o pico desta sexta vaga já passou.

De acordo com os cálculos do matemático Óscar Felgueiras facultados ao JN, a 26 de maio Portugal registava uma média de 25 883 casos diários, menos 4% face à semana anterior. E na medida em que o Norte alavancou esta sexta onda, impulsiona agora a descida, com uma quebra de 10% nas novas infeções diárias. Acompanhado pelo Centro (-15%) e Alentejo (-8%). Lisboa e Vale do Tejo continua em subida, mas menos expressiva (+14%).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG