Covid-19

Portal já conta com mais de 50 mil pedidos de agendamento de vacinação

Portal já conta com mais de 50 mil pedidos de agendamento de vacinação

O "Portal da Covid-19", que entrou em funcionamento esta sexta-feira, já conta com mais de 50 mil pedidos de agendamento de vacinação.

Nasceu há poucas horas, mas já registou mais de 50 mil pedidos de agendamento. O "Portal da Covid-19", lançado hoje pela Direção-Geral da Saúde (DGS), está disponível para pessoas a partir dos 65 anos, que agora começam a ser vacinadas, independentemente de terem ou não alguma doença.

Numa sessão de esclarecimento dedicada à nova ferramenta de autoagendamento, o vice-almirante Gouveia e Melo, coordenador da "task force" de vacinação, explicou que, a poucos dias da meta diária de vacinar cem mil pessoas, não seria possível convocar os cidadãos de outra forma.

"O processo é simples, nasce hoje e tem tido uma procura muito relevante", anunciou Luís Goes Pinheiro, envolvido no projeto.

Segundo explicou o presidente dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS), o portal destina-se apenas à primeira inoculação da vacina, sendo que os utentes podem aceitar a data que lhes é sugerida ou escolher outra mais adequada. O local de vacinação também pode ser selecionado e, mesmo que não haja logo vaga, é possível ficar em lista de espera.

Após confirmado o agendamento, "gera-se um comprovativo". Nesta altura do processo, os cidadãos só têm de aguardar até receberem um sms com a hora exata da vacinação. Na véspera do dia da inoculação receberão outra mensagem de lembrete.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG