Nacional

Portugal à Frente chega à rua com 120 cartazes

Portugal à Frente chega à rua com 120 cartazes

A estratégia publicitária da coligação Portugal à Frente (PàF) começa esta semana a chegar à rua.

Até sexta-feira, quatro cartazes diferenciados, com as cores do PSD e do CDS/PP, laranja e azul, estarão afixados do Norte ao Sul do país. "São quatro mensagens fortes, que ilustram quatro êxitos do Governo", explicou, ao JN, José Matos Rosa, secretário-geral do PSD e diretor de campanha, sobre a primeira rodada de cartazes abrigada no slogan "Agora Portugal pode mais".

As quatro temáticas eleitas compreendem as exportações, as empresas e os consumidores, o investimento e o emprego, e o turismo. O setor das exportações bateu "recordes" por ação do atual executivo, reclama a coligação, e volta a integrar o programa eleitoral. A ideia é aumentá-las para 50% do PIB até 2020. O segundo tema está focado no desempenho das empresas e dos consumidores, setores em que PSD e CDS dizem ter havido "recuperação da confiança". No caso das empresas, este ano foi atingido o valor máximo desde 2008, revelou o Instituto Nacional de Estatística (INE). O terceiro tópico refere-se ao investimento que "aumentou" e ao emprego que, apesar da polémica da última semana com os dados do INE, os dois partidos também asseguram ter aumentado.

O quatro ponto enaltece o crescimento do turismo, sendo que o Governo já prometeu que este ano um novo recorde voltará a ser ultrapassado, se forem alcançados, como se espera, os 17 milhões de turistas. As quatro mensagens serão distribuídas por 120 outdoors, o que representa uma poupança de 40% relativamente à despesa das legislativas de 2011, sublinha Matos Rosa. O diretor de campanha destaca ainda os rostos das pessoas que aparecem nos cartazes. "Quisemos humanizar a campanha. Aquelas pessoas representam o esforço que nós, portugueses, jovens e idosos, fizemos nos últimos anos".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG