Proteção Civil

Portugal acorda sem fogos em dia com perigo máximo em sete distritos

Portugal acorda sem fogos em dia com perigo máximo em sete distritos

Às 6.30 horas desta sexta-feira não havia incêndios ativos em Portugal continental, num dia em que vários concelhos de sete distritos voltam a apresentar perigo máximo de incêndio rural, segundo dados da proteção civil e IPMA.

De acordo com a página na Internet da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), às 06:30 não havia incêndios em curso e em resolução estavam sete fogos, que mobilizavam 529 operacionais, com o apoio de 154 veículos.

Em conclusão estavam 21 incêndios, que mobilizavam 401 operacionais, com o auxílio de 117 meios terrestres.

PUB

Ao início da madrugada, às 00:30, o 'site' da proteção civil indicava 10 fogos ativos.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou hoje mais de 50 concelhos dos distritos de Braga, Vila Real, Bragança, Guarda, Viseu, Coimbra e Castelo Branco em perigo máximo de incêndio rural.

O IPMA colocou também vários concelhos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Vila Real, Bragança, Viseu, Coimbra, Leiria, Castelo Branco, Guarda, Santarém, Portalegre, Lisboa, Beja e Faro em perigo muito elevado e elevado de incêndio rural.

O perigo de incêndio rural vai manter-se elevado em algumas regiões do continente pelo menos até terça-feira, segundo o Instituto.

O perigo de incêndio, determinado pelo IPMA, tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo, e os cálculos são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

O IPMA prevê para hoje no continente céu pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de maior nebulosidade no litoral Norte e Centro e na região Sul até meio da manhã, podendo persistir em alguns locais da faixa costeira ocidental.

A partir da tarde, está previsto um aumento temporário da nebulosidade no interior Norte e Centro, onde há possibilidade de ocorrência de aguaceiros e trovoada.

A previsão aponta ainda para vento fraco a moderado, sendo por vezes forte nas terras altas, até ao fim da manhã e no fim do dia, e pequena subida da temperatura máxima no litoral Norte e Centro.

As temperaturas mínimas vão oscilar entre os 14 graus Celsius (em Coimbra) e os 20 (em Faro) e as máximas entre os 28 (em Leiria e Lisboa) e os 37 (em Castelo Branco).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG