O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Portugal arrasta voto aos 16 anos e UE decide em cima das europeias

Portugal arrasta voto aos 16 anos e UE decide em cima das europeias

PSD juntou-se às posições do BE e do PAN no âmbito da revisão constitucional, mas PS adia reforma do sistema político. Politólogo João Cancela avisa que medida exige do Estado um acompanhamento eficaz.

A redução da idade com direito de voto para os 16 anos volta a estar na ordem do dia em Portugal com os projetos de revisão constitucional. Já o Conselho Europeu discute essa proposta para a eleição dos eurodeputados, mas pode não ser decidida a tempo das europeias de 2024. A Áustria foi pioneira e tem sido seguida por outros países, como Malta, Estónia e Bélgica (ler ficha). Chegam, ainda, exemplos de Cuba, Nicarágua, Brasil, Argentina e Equador. O politólogo João Cancela é "tendencialmente" favorável a essa alteração, mas diz que deve ser acompanhada de medidas eficazes no ensino.

Para a revisão constitucional, o PSD propõe que o mínimo para votar passe dos 18 para os 16 anos, juntando-se ao BE e ao PAN, que há muito reclamam esta medida, também apadrinhada pelo Livre. Mas António Costa avisou que não é altura para reformar o sistema político.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG