Balanço

Portugal com segundo dia abaixo dos três mil casos de covid-19

Portugal com segundo dia abaixo dos três mil casos de covid-19

Portugal manteve-se, pelo segundo dia consecutivo, com números de novos infetados abaixo dos três mil casos positivos de covid-19. Morreram mais 45 pessoas com o novo coronavírus.

É o segundo dia mais mortal da covid-19 em Portugal, com 45 óbitos assinalados no boletim desta terça-feira, um a menos que a cifra mais dolorosa da doença no país, registado na segunda-feira, quando se atingiu um recorde de 46 mortes por causas associadas à covid-19.

Com mais 2596 positivos, Portugal soma, agora, 149443 infeções desde o início da pandemia, a 2 de março. Em 24 horas recuperaram mais 3295 pessoas (um total de 86 589 recuperados) e há menos 744 casos ativos de covid-19 em Portugal. Neste momento, 60 219 pessoas permanecem infetadas com o SARS-CoV-2.

PUB

Relativamente ao estado dos doentes, há mais 94 pessoas internadas nos hospitais portugueses e mais 26 nas unidades de cuidados intensivos (UCI). Atualmente há 2349 doentes com covid-19 em unidades hospitalares e 320 a necessitar de mais cuidados em UCI.

A maioria das vítimas mortais registadas esta terça-feira no boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS) tinha mais de 80 anos (16 homens e 18 mulheres). Oito pessoas que morreram com covid-19 tinham entre 70 e 79 anos (quatro homens e quatro mulheres) e três homens tinham entre 60 e 69 anos.

A Região Norte, a primeira a ser atingida pelo novo coronavírus, é a mais afetada em termos de mortalidade e infeções. Nas últimas 24 horas, acumulou mais 1547, para um total de 67692 casos e mais 21 mortes, num total de 1172 vítimas mortais desde o início da pandemia.

Lisboa e Vale do Tejo, a segunda região mais afetada do país, acumulou 626 casos de covid-19 nas últimas 24 horas, abaixo dos 845 de segunda-feira, para um total de 61690 desde o início da pandemia. Morreram mais 18 pessoas num dia nesta região.

No Centro, zona bastante afetada na primeira vaga, os números são ligeiramente mais suaves esta terça-feira, com 292 casos anotados, contra 333 na segunda-feira e 430 no domingo. O acumulado ascende, agora, a 13342 infeções. O Centro regista mais cinco mortes, num total de 328 vítimas desde março.

Alentejo e Algarve inverteram a tendência de segunda para terça-feira. A Região alentejana, acumulou 57 casos positivos nas últimas 24 horas, contra 42 na segunda-feira, para um total de 2911 e mais uma morte em 24 horas. Na zona mais austral do país a tendência foi oposta, com a região a registar menos 19 casos, 47 nas últimas 24 horas, por oposição aos 66 de segunda-feira.

Nas ilhas a tendência mantém-se, com a Madeira a ser mais atingida pela segunda vaga que os Açores. Na "Pérola do Atlântico" foram sinalizados mais 19 casos, para um total de 478, enquanto as "Ilhas de Bruma" anotaram oito positivos, para uma acumulado de 379.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG