O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Portugal entre os países que mais anos de vida perderam

Portugal entre os países que mais anos de vida perderam

Entre oito estados europeus analisados pela Escola Nacional de Saúde Pública, foi o que teve a taxa mais alta em 2020 e onde outras doenças que não a covid mais impactaram.

Que a pandemia trouxe consigo um rasto de mortalidade e sobremortalidade nunca vistos é inequívoco. Mas o que nos dizem esses números em termos de anos de vida perdidos? Que Portugal, num conjunto de oito países europeus, foi aquele que, em 2020, mais anos de vida perdeu por mortes precoces. Sendo também dos que registaram mais anos de vida perdidos por outras causas que não a covid.

Assim concluem os investigadores da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP), que analisaram a mortalidade prematura em termos de anos de vida perdidos. Estudaram oito países: Portugal, Alemanha, França, Reino Unido, Espanha, Itália, Suécia e Países Baixos. Concluindo que, no ano passado, o nosso país foi aquele que registou a mais alta taxa de total de anos de vida perdidos (595 por 10 mil habitantes).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG