Nacional

Portugal, para já, não suspende voos do Reino Unido

Portugal, para já, não suspende voos do Reino Unido

Portugal está a acompanhar a situação no Reino Unido com a descoberta de uma nova estirpe do coronavírus mas não admite, para já, avançar com a suspensão dos voos vindos daquele país.

Portugal vai continuar a "privilegiar as medidas de proteção tomadas universalmente". Ou seja, o País não equaciona, para já, tomar medidas mais restritivas ou suspender os voos vindos do Reino Unido, por causa da descoberta de uma nova estirpe do coronavírus.

Países como a Holanda, a Bélgica e a Itália já avançaram com a suspensão dos voos provenientes do Reino Unido. A Alemanha está a equacionar seguir o mesmo exemplo. Segundo fonte do Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE), para já, Portugal não tomará medidas restritivas.

"É conhecida a posição portuguesa de privilegiar as medidas de proteção tomadas universalmente, em vez de restringir em demasia as possibilidades de circulação de pessoas que têm de viajar por razões essenciais (profissionais, por reunião familiar, etc.)", assegura, ao JN, fonte do Ministério tutelado por Augusto Santos Silva.

Ainda assim, o MNE garante que seguirá "com atenção a evolução da situação epidemiológica", em particular no Reino Unido.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG