Exclusivo

Portugueses fizeram mais de dois milhões de testes numa semana

Portugueses fizeram mais de dois milhões de testes numa semana

A taxa de positividade esteve nos 18,3% entre 20 e 26 de janeiro, acima do limiar de 4% definido pelas autoridades de saúde.

A corrida aos testes de rastreio à SARS-CoV-2 não parou. É o que nos dá conta o último relatório das "linhas vermelhas" do Instituto Nacional Dr. Ricardo Jorge (INSA) e da Direção-Geral da Saúde (DGS), que indica que foram feitos 2 102 547 testes (antigénio e PCR) em sete dias. De 20 a 26 de janeiro, a "fração de casos com resultado positivo notificados" foi de 18,3% (acima dos 15,5% da semana passada). E muito superior ao limiar de 4% definido pelas autoridades de saúde.

Os especialistas da DGS e do INSA precisam que os números devem ser interpretados "tendo em conta as recomendações de testagem em vigor", que apelam ao rastreio regular. O Governo prolongou na quinta-feira a comparticipação a 100% de quatro testes de antigénio por utente, até ao final de fevereiro. Na semana passada foram feitos 1 840 967 testes.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG