Pandemia

Possibilidade de Iniciativa Liberal apoiar estado de emergência é "remota"

Possibilidade de Iniciativa Liberal apoiar estado de emergência é "remota"

O líder da Iniciativa Liberal (IL), João Cotrim Figueiredo, disse, esta segunda-feira, que a possibilidade de o partido vir a apoiar a imposição do estado de emergência é "remota".

À saída de uma reunião com o presidente da República, em Belém, o deputado único da IL revelou, no entanto, que o partido só tomará uma decisão final após a revelação do conteúdo do eventual decreto de Marcelo Rebelo de Sousa.

Cotrim Figueiredo demonstrou reservas quanto aos "riscos para as liberdades dos portugueses" da utilização de recursos privados e sociais no combate à pandemia, anunciado pelo primeiro-ministro. "Perguntei duas vezes ao senhor presidente da República se se tratava de requisições e em que termos, e não obtive resposta", garantiu.

"Já não há confiança suficiente em quem está a tomar as decisões", afirmou o deputado, criticando o Governo por não ter reforçado "de forma suficiente" o número de profissionais do SNS, o número de camas ou a política de testes.

O presidente da República continua, esta segunda-feira, a ouvir os partidos sobre a possibilidade da imposição do estado de emergência.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG