TGV

Presidente da Galiza diz que "Portugal aposta na alta velocidade. Espanha não"

Presidente da Galiza diz que "Portugal aposta na alta velocidade. Espanha não"

O presidente da Junta da Galiza, Alfonso Rueda, reagiu esta quarta-feira à tarde à apresentação do projeto de alta velocidade que ligará o Norte de Portugal àquela região de Espanha, feita hoje pelo primeiro-ministro português, António Costa, com críticas ao governo espanhol.

"É uma muito boa notícia para a Galiza. Portugal aposta [na ferrovia], Espanha não", comentou Alfonso Rueda na sua conta de Twitter.

PUB

"Esperemos que o Governo central reflita e que na Cimeira Ibérica (de Viana do Castelo em outubro) se comprometa a impulsionar esta infraestrutura estratégica para as relações e competitividade de ambos os territórios".

A Conselheira das Infraestruturas e Mobilidade da Junta da Galiza, Ethel Vázquez, reagiu em comunicado enviado ao JN considerando que o anúncio por parte do Governo de Portugal do início das obras da alta velocidade ferroviária entre Porto e Vigo em 2026 "é uma fantástica notícia para a Galiza, que a considera uma infraestrutura fundamental para o desenvolvimento da Eurorregião".

Ethel Vázquez exorta também o governo espanhol a apostar no projeto. "A junta da Galiza aguarda que este novo passo por parte do executivo luso sirva também para que o Governo de Espanha aposte de uma forma decidida por impulsionar a conexão ferroviária de alta velocidade entre Vigo e a fronteira portuguesa", afirma, defendendo que "o compromisso" seja assumido na próxima Cimeira Ibérica.

"A Junta vem reivindicando reiteradamente ao executivo espanhol a planificação completa das obras e investimentos para o AVE Vigo-Porto, aproveitando a oportunidade única que significam os fundos europeus do mecanismo 'Conectar Europa' e do programa "Next Generation'", refere a conselheira galega, lembrando que a conexão ferroviária de alta velocidade "permitiria reduzir o tempo de viagem entre Vigo e Porto das 2.20 horas atuais a menos de uma hora".

Para Ethel Vázquez, a expectativa é a de que o Governo de Espanha comece por assumir "um calendário para a Saída Sul, que supõe prolongar o Eixo Atlântico que vai desde a Corunha a Vigo para o levar até o Porriño e conectar com a linha que vai a Portugal".

O Governo apresentou esta manhã o projeto da nova linha de alta velocidade Porto-Lisboa e Porto-Vigo, na estação de Campanhã, Porto. Nova linha pretende encurtar o tempo de viagem entre as duas principais cidades portuguesas para apenas 1.15 horas. E entre o Porto e Vigo para menos de uma hora.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG