O Jogo ao Vivo

Nacional

Privadas também lideram entre os alunos do 4.º ano

Privadas também lideram entre os alunos do 4.º ano

Os alunos do 4.º ano das escolas privadas apresentam a Matemática resultados acima da média nacional, segundo o mais recente estudo internacional TIMSS, divulgado esta terça-feira. Também nas Ciências as privadas lideram.

Numa escala de 0 a mil pontos, sendo 500 o ponto referência, os estudantes portugueses do 4.º ano do ensino particular e cooperativo têm a Matemática uma pontuação média de 588 pontos, 47 acima da média nacional, que fica nos 541. Os dados - do Trends in International Mathematics and Science Study (TIMSS) - revelam, ainda, que esta diferença é mais significativa quando comparada com a pontuação média obtida pelas escolas públicas (536), que não chega à média nacional.

Igualmente, a Ciências os resultados são mais favoráveis nas privadas, ainda que esta diferença se note menos do que em Matemática. Concretamente, a média nacional dos alunos do 4.º ano de Ciências é de 508 pontos. Os alunos que frequentaram as privadas tiveram 542, 34 acima da média nacional. Já os alunos da escola pública obtiveram 504.

Entre os 56 países que integraram este estudo sobre os discentes do 4.º ano, Portugal ocupa em Matemática a 13.ª posição, duas acima do ranking de 2011; e em Ciências a 32.ª posição, uma descida considerável relativamente a 2011, quando ficou na 19.ª posição.

Na Matemática, Portugal integrou o grupo de participantes composto por Inglaterra, Bélgica, Cazaquistão, Estados Unidos, Dinamarca e Lituânia, com 40 pontos acima do ponto referência da escala de TIMSS (500).

Em Ciências, Portugal integra o grupo constituído pela Bélgica e Nova Zelândia, com pontuações próximas do ponto referência (500).

De resto, e ainda no que diz respeito ao 4.º ano, os rapazes portugueses apresentam melhores resultados do que as raparigas, em Matemática, com 547 pontos face aos 536 das raparigas. Também a Ciências os rapazes lideram, com 512 pontos, em contraponto aos 504 das raparigas.

No total, o Trends in International Mathematics and Science Study (TIMSS), que faz a avaliação de alunos do 4.º ano, a Matemática e a Ciências, integrou 56 países e 300 mil alunos, sendo que 4.693 são portugueses.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG