Escolha

Professor do ano é da Figueira da Foz e ensina Física e Química

Professor do ano é da Figueira da Foz e ensina Física e Química

Carlos Portela, 53 anos, docente de Física e Química na Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho, na Figueira da Foz, foi eleito, esta quinta-feira à tarde, o Professor do Ano 2019.

A escolha, anunciada pela EDULOG, da Fundação Belmiro de Azevedo, em conjunto com a Casa das Ciências distingue anualmente um professor a quem reconhece o mérito como docente do ensino básico ou secundário e da sua disponibilidade de partilhar a sua experiência com os colegas.

"Fiquei surpreendido com a distinção mas penso que, com toda a justiça, o prémio é extensível aos meus colegas e à escola onde trabalho há 27 anos e que proporciona todas condições, físicas e psicológicas, para que os professores possam trabalhar com gosto e sucesso", disse ao JN. Carlos Portela leciona, elabora manuais escolares, faz formação de professores e participa em diversas publicações da área das ciências.

"O que eu gosto de fazer é dar aulas", referiu. Atualmente, leciona apenas a turmas do 10º e, pelo menos, uma vez por semana as aulas são experimentais. "Os alunos têm sempre muitas perguntas e nós, os professores, temos de ter tempo para lhes poder responder", afirmou o docente que faz questão de relacionar a Física e Química com as artes, a tecnologia "e o mundo em geral". O resultado das experiências e das discussões técnicas são depois partilhadas com toda a comunidade docente.