O Jogo ao Vivo

Território

Projeto-piloto para 112 transfronteiriço no terreno até final do ano

Projeto-piloto para 112 transfronteiriço no terreno até final do ano

Um projeto-piloto de serviço "112 transfronteiriço" estará no terreno "até ao final deste ano", disse esta sexta-feira ao JN a secretária de Estado da Valorização do Interior, Isabel Ferreira, explicando que a operacionalização desta cooperação com Espanha começará pelo Norte de Portugal e a Galiza e será depois alargada às restantes regiões de fronteira.

A governante falava na Alfândega do Porto, onde esteve na conferência final do "ARIEM +", destinado à assistência inter-regional em emergência e riscos transfronteiriços e que "serviu de inspiração" para o projeto-piloto que envolve o INEM e a Agência Galega de Emergências (AXEGA).

Recordou que esta competência está regionalizada do lado espanhol, o que obrigará a avançar com o projeto de 112 transfronteiriço "região a região".

PUB

O evento final do projeto "ARIEM +" foi organizado pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Norte, em parceria com a AXEGA e a Comunidade Intermunicipal do Alto Minho. Este projeto abrange o desenvolvimento de tecnologias mais avançadas na gestão de emergência e de riscos. Está a ser implementado na zona de fronteira do Noroeste peninsular e pretende ser um referencial de boas práticas internacionais.

Resposta mais rápida

Quanto ao projeto que será operacionalizado até dezembro, a secretária de Estado nota que visa "uma resposta mais rápida às emergências médicas", no âmbito da assistência ao cidadão dos dois lados da fronteira (Norte e Galiza).

O projeto inclui gestão de chamadas de emergência e componentes extra-hospitalar, seguindo "pressupostos comuns aos do projeto ARIEM +", explicou ainda.

Pela CCDR-Norte, o vice-presidente Beraldino Pinto destacou na conferência que o projeto "ARIEM +" tornou-se "emblemático e inspirador dos processos de cooperação transfronteiriça e inter-regional". Do mesmo modo, constitui "uma prova inequívoca de que a cooperação entre regiões é não só possível como é produtiva e qualificante".

Parceiros do projeto "ARIEM +"

A cooperação envolve responsáveis da gestão e mobilização de recursos para as principais emergências do Norte de Portugal, Sul da Galiza e Castela e Leão.

Objetivos

O projeto "ARIEM +" visa promover a resiliência territorial face aos riscos naturais transfronteiriços e o investimento contra determinados riscos.

Meios e ações

Os apoios garantiram, até ao momento, a possibilidade de equipamento técnico, como três veículos de autobomba (contra incêndios), uma mota de água e kits de incêndio e salvamento. Foram organizados sete simulacros conjuntos e 19 ações formativas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG