Profissões

Projeto quer combater estereótipos de género nas opções dos jovens

Projeto quer combater estereótipos de género nas opções dos jovens

Elas escolhem mais cursos de Saúde, eles engenharias. O "Projeto Igual Pro - As profissões não têm género" visa combater a influência dos estereótipos de género nas escolhas educativas, vocacionais e profissionais dos jovens portugueses. O plano é apresentado na segunda-feira, às 15 horas, no auditório do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) e terá transmissão online.

O projeto consiste numa investigação que visa "desconstruir os estereótipos de género associados às diferentes áreas de estudo e respetivas profissões" focando-se nas áreas de formação em que é mais provável ocorrer uma segregação entre raparigas e rapazes.

Prevê-se que o projeto esteja concluído em 2023. Para além de contemplar um estudo sobre a segregação sexual nas escolhas formativas dos cursos profissionais do IEFP, tem como objetivo realizar ações de formação e campanhas nacionais de sensibilização dos jovens para o tema. O programa Engenheiras por 1 Dia, também colabora na iniciativa garantindo o acesso de raparigas a áreas profissionais onde ainda estão subrepresentadas.

A Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego (CITE) é a entidade promotora do projeto, que está integrado na Estratégia Nacional para a Igualdade e a Não discriminação 2018-2030. A Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género (CIG) opera o Programa Conciliação e Igualdade de Género do Mecanismo Financeiro do Espaço Económico Europeu 2014-2021 que é o financiador do projeto.

Outras entidades parceiras são o CES da Universidade de Coimbra, a Associação para o Planeamento da Família, o IEFP, o Centro de Formação Profissional para o Comércio e Afins (CECOA), o Centro de Formação da Indústria Eletrónica, Energia, Telecomunicações e Tecnologias da Informação (CINEL), o Centro de Formação Profissional da Indústria Têxtil, Vestuário, Confeção e Lanifícios (MODATEX), a Inete - Instituto de Educação Técnica e a Odalen Naeringshage AS.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG