O Jogo ao Vivo

Parlamento

Prorrogado prazo para entregar comprovativo de detenção de cofres de armas

Prorrogado prazo para entregar comprovativo de detenção de cofres de armas

Vai ser prorrogado até 31 de julho de 2021 o prazo para entrega do comprovativo de detenção de cofre de armas de fogo por parte dos caçadores nacionais à PSP. A não entrega desse comprovativo pode valer uma coima de até 700 euros.

O prazo inicial previsto era até 22 de setembro, mas a Assembleia da República aprovou esta sexta-feira um projeto de lei apresentado pelo PCP, com um vota contra do PAN , a abstenção da deputada não inscrita Joacine Katar Moreira e os votos favoráveis dos restantes partidos com assento no Parlamento.

"Os caçadores que não entregaram o comprovativo - e são muitos, há um número indeterminado que não apresentou - estão a ser notificados para pagar coimas", explicou José Batista, do Movimento de Caçadores Mais Caça, que em setembro alertou para a falta de cofres nos armeiros do país. "

É justo que os caçadores beneficiem desta prorrogação, pois além de não haver cofres no mercado, também houve obstáculos por causa da pandemia covid-19 para que pudessem revolver esta situação", acrescentou aquele responsável.

O projeto baixa agora à primeira Comissão para apreciação na especialidade.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG