Conselho Nacional

PSD chumba proposta de Rio para adiar eleições internas

PSD chumba proposta de Rio para adiar eleições internas

O Conselho Nacional do PSD chumbou o requerimento apresentado pela direção de Rui Rio para adiar a marcação das eleições diretas do partido. Houve 71 votos contra, 40 a favor e quatro abstenções.

Rio pretendia adiar o ato eleitoral interno para depois da votação do Orçamento do Estado (OE), convicto de que as divergências entre a Esquerda poderão levar a eleições legislativas antecipadas.

Desta forma, irá a votos a proposta inicial da direção, que sugeria a realização das diretas no dia 4 de dezembro (com eventual segunda volta no dia 11) e o congresso entre 14 e 16 de janeiro.

A proposta tinha sido feita na quarta-feira. No entanto, horas depois de ter sido enviada aos conselheiros, uma declaração do presidente da República - afirmando que o país irá para legislativas se o OE for chumbado - fez Rio recuar e pedir que o ato eleitoral ocorresse apenas depois da votação do Orçamento.

Caso esta também seja rejeitado, irá a votos uma segunda hipótese enviada pela direção: diretas a 8 de janeiro e congresso entre 4 e 6 de fevereiro.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG