Nacional

PSD saúda novo líder socialista e espera apoio a "reformas necessárias"

PSD saúda novo líder socialista e espera apoio a "reformas necessárias"

O secretário-geral do PSD, José Matos Rosa, saudou, este domingo, a eleição do novo líder do PS e afirmou esperar que os "compromissos assumidos" e o "sentido de responsabilidade" se traduzam no "apoio às reformas necessárias" do Governo.

José Matos Rosa afirmou desejar que "a nova liderança do PS, enquanto maior partido da oposição, tenha o sentido de responsabilidade necessário para que o país consiga ultrapassar a situação actual".

Numa declaração enviada à Lusa, o secretário-geral do PSD acrescentou esperar que "os compromissos assumidos e o sentido de responsabilidade [do PS] se traduzam no apoio às reformas" que considerou necessárias.

António José Seguro foi eleito secretário-geral do PS na sexta-feira, com 67,98% dos votos, contra os 32,02% obtidos pelo candidato adversário, Francisco Assis.

No seu discurso após vencer as eleições, António José Seguro avisou a maioria PSD/CDS-PP de que os socialistas nunca aceitarão que sejam colocadas em causa as funções sociais do Estado e o equilíbrio das relações laborais estabelecido na Constituição da República.

"O PS não considera que exista um problema constitucional em Portugal e será firme na defesa das funções sociais do Estado e no equilíbrio das relações laborais estabelecido nos princípios constitucionais", disse Seguro.