Coronavírus

PSD suspende atos eleitorais, reuniões partidárias e adota medidas na sede

PSD suspende atos eleitorais, reuniões partidárias e adota medidas na sede

O PSD anunciou que a direção do partido recomenda a suspensão de atos eleitorais em curso e de reuniões ou Assembleias partidárias, tendo sido adotadas medidas preventivas na sede nacional.

"Face às recomendações das autoridades sanitárias relativamente à contenção do Covid-19, a Comissão Política Nacional tomou a decisão de recomendar a todas as estruturas do PSD que não realizem reuniões ou Assembleias até nova orientação, tendo recomendado também ao Conselho de Jurisdição Nacional que emita uma diretiva ou deliberação, no mais curto prazo, a suspender os atos eleitorais em curso", refere uma nota divulgada no site, relativo à reunião da direção realizada na quarta-feira.

A nota informa que na sede nacional foram adotadas medidas como "a dispensa de picar o ponto com o uso de dados biométricos, passando a ser feito por assinatura em papel, a distribuição de álcool em gel pelos corredores, e a adoção das várias medidas recomendadas pela Direção-Geral da Saúde".

O novo coronavírus responsável pela Covid-19 foi detetado em dezembro de 2019, na China, e já provocou mais de 4600 mortos em todo o mundo, levando a Organização Mundial de Saúde a declarar a doença como pandemia.

Em Portugal, a DGS atualizou o número de infetados, que registou o maior aumento num dia (19), ao passar de 59 para 78, dos quais 69 estão internados.

As medidas já adotadas em Portugal para conter a pandemia incluem, entre outras, a suspensão das ligações aéreas com a Itália, a suspensão ou condicionamento de visitas a hospitais, lares e prisões, e a realização de jogos de futebol sem público.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG