Política

PSD/Porto admite votar contra lista para deputados

PSD/Porto admite votar contra lista para deputados

A Distrital do PSD/Porto vai reunir, ao final da tarde desta terça-feira, para analisar se, no Conselho Nacional, deverá votar contra a lista de candidatos a deputados pelo seu círculo. Uma lista integrada pelo líder distrital, Alberto Machado.

Segundo apurámos, a reunião da Comissão Política Distrital está marcada para as 18.30 horas desta terça-feira. Também a secção do Porto reúne-se meia hora depois. Em cima da mesa, a composição da lista de candidatos a deputados pelo círculo do Porto, que inclui nomes como Hugo Carvalho, Catarina Rocha Ferreira, Álvaro Almeida (ex-candidato à Câmara), Cancela Moura, Hugo Carneiro, Sofia Matos, Carla Barros e o próprio líder distrital, Alberto Machado.

A lista tem vindo a criar polémica, devido à fraca representatividade em lugares elegíveis de concelhos do interior do distrito. Por exemplo, os primeiros sete lugares são ocupados por militantes do Porto e Gaia. Para apaziguar o descontentamento interno, Alberto Machado estará desde ontem a contactar os dirigentes locais do partido, em particular presidentes de secção, garantindo que os primeiros nomes da lista foram indicados pelo presidente do partido, Rui Rio.

Além de responsabilizar Rui Rio, o líder da Distrital do Porto terá mostrado mensagens trocadas com o secretário-geral José Silvano, para comprovar que se opôs e tentou contrariar as indicações da liderança. "É o grau zero da política", disseram-nos vários dirigentes do PSD/Porto, a quem lhes foi oferecida a possibilidade de visualizarem essas mensagens e emails. Esses dirigentes não se opõe, contudo, a um voto contra à lista do Porto, no Conselho Nacional da noite desta terça-feira, em Guimarães. Mas defendem que, nesse caso, Alberto Machado deverá sair da lista. Essa é uma das situações a ser analisada na reunião da Distrital.

O JN tentou ouvir o presidente da Distrital do Porto mas, apesar de várias tentativas, não foi possível obter qualquer comentário de Alberto Machado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG