Nacional

Quarto resgate de Portugal? Economistas pensam que sim

Quarto resgate de Portugal? Economistas pensam que sim

Portugal pode estar "à beira" do quarto resgate financeiro, cinco anos depois de ter recebido da troika 78 mil milhões de euros. Um cenário admitido pelos economistas João Salgueiro e João César das Neves, nas jornadas parlamentares do PSD, em Santarém.

Se Salgueiro, antigo ministro das Finanças de Pinto de Balsemão, estimou que possa ser "inevitável" para o país pedir de novo ajuda externa, César das Neves, professor universitário, foi mais taxativo: "estamos à beira de um novo resgate". Aliás, o docente de Economia na Universidade Católica considerou que "vem aí uma crise para Portugal muito mais vasta que isso".

"O país está na véspera de ter, mais uma vez, de mudar de cenário. Quem viveu mais anos do que gostaria infelizmente lembra-se de soluções idênticas", disse João Salgueiro, aos deputados social-democratas, frisando que "se estamos num terceiro resgate, que ainda não está concluído, se calhar já começa a pensar-se que um quarto é inevitável". "Isto é sintoma do esgotamento do sistema", estimou o economista, de 81 anos.

Para César das Neves, o país "está à beira de uma crise bem mais vasta" do que atual contexto político possa querer fazer crer. "Estamos a meses de ter uma coisa séria", disse.

Portugal saiu do programa de ajuda financeira em maio de 2014, após três anos de intervenção da troika composta pela Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional.

Foi o Governo de José Sócrates que, a 6 de abril de 2011, pediu que as três instituições viessem em auxílio de Portugal. Nesse dia, o mundo financeiro colapsou no país: Os juros da dívida soberana a cinco anos atingiram nessa manhã os 10% e a agência de notação Fitch colocou o "rating" de seis bancos nacionais à beira da classificação "lixo". Duas semanas antes, o primeiro-ministro socialista tinha acusado o PSD de defender a intervenção do FMI no país.

Os outros dois resgates após o 25 de abril ocorreram em 1977 e o outro em 1983.