Exclusivo

Legionela. "Quase morri, não vou deixar passar em branco"

Legionela. "Quase morri, não vou deixar passar em branco"

Luís Mendanha foi um dos 88 infetados com legionela. Era desportista e ficou a depender de bombas de oxigénio. Vai levar caso a tribunal.

Sabe o que é querer respirar e não conseguir?", atira, olhando as três bombas, agora "fiéis companheiras" de todas as horas. Jogava futebol, praticava defesa pessoal, caminhava, fazia pesca desportiva. Agora, subir dois andares já "obriga" a bomba e até bocejar "é impossível". Luís Mendanha foi um dos 88 infetados do surto de legionela, que afetou Matosinhos, Vila do Conde e a Póvoa de Varzim. Esteve "mais para lá do que para cá". Passou o susto, ficaram as mazelas. No que dele depender, "a culpa não há de morrer solteira".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG