Conselhos úteis

Que locais são de maior risco de exposição ao vírus?

Que locais são de maior risco de exposição ao vírus?

Falar, cantar, tossir, espirrar, tudo isto leva à libertação e dispersão de milhares de gotículas e uma nuvem de aerossóis. Estas partículas podem ficar no ar durante algum tempo e ir caindo no chão ou em outras superfícies.

O contacto prolongado e próximo entre indivíduos aumenta a exposição direta a partículas virais e a probabilidade de infeção.

Muitas pessoas estão assintomáticas, não sabem que estão infetadas, e podem estar a transmitir a doença, sem saber, ao conversar, cantar ou simplesmente respirar perto de outras pessoas. A quantidade de vírus que é libertada para o ar vai depender da carga viral, do cumprimento adequado das medidas de etiqueta respiratória e da utilização da máscara.

Outra potencial forma de transmissão da doença é através do contacto com objetos contaminados, como maçanetas de porta, botões de elevador, e por isso é tão importante higienizar as mãos com frequência e evitar tocar no rosto. Estar num ambiente fechado, por um período prolongado, também aumenta o risco de exposição e infeção.

Os quartos de banho públicos são locais de risco. Têm muitas superfícies manuseadas por muitas pessoas como maçanetas, torneiras, autoclismo, lavatório. É importante que estes espaços sejam higienizados com frequência e de acordo com as recomendações da Direção-Geral da Saúde. É igualmente conveniente que tenha todos os cuidados, lavando as mãos cuidadosamente com água e sabão depois de usar o quarto de banho e usando o toalhete para fechar a torneira e abrir a porta.

As áreas exteriores parecem ser geralmente mais seguras, particularmente se estiver em movimento. Evite situações de concentração de pessoas e mantenha o distanciamento físico.

Aconselho a que antes de se colocar numa situação de risco avalie: há aqui muitas pessoas? Consigo manter a distância física de segurança? Há pessoas a falar alto, a cantar, gritar? Se estiver num local fechado, confirme que todos estão a cumprir as regras da distância e utilização de máscara.

E a regra de ouro - se tiver sintomas, não saia de casa e ligue para o SNS24. Peça aos seus amigos e familiares para fazerem o mesmo.

*Pneumologista

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG