O Jogo ao Vivo

Nacional

Rangel com primeira vitória: PSD vai a votos a 4 de dezembro

Rangel com primeira vitória: PSD vai a votos a 4 de dezembro

O PSD, reunido em Conselho Nacional, agendou as eleições internas para o dia 4 de dezembro. A data foi encontrada depois de, num primeiro momento, os conselheiros terem rejeitado a proposta do líder, Rui Rio, para adiar a ida às urnas até depois da votação do Orçamento do Estado (OE). Paulo Rangel apresenta a candidatura esta sexta-feira.

O Conselho Nacional social-democrata também decidiu que o congresso do partido decorrerá entre os dias 14 e 16 de janeiro, em Lisboa - conforme a direção tinha proposto antes de recuar, apostada numa eventual crise política provocada pela Esquerda.

O não adiamento das diretas foi a primeira vitória de Paulo Rangel, que se candidata a líder do PSD. Isso mesmo foi admitido por José Silvano, secretário-geral do PSD, reconhecendo, perante os jornalistas, a "derrota" de Rio neste particular.

Rangel faz a apresentação oficial da candidatura esta sexta-feira, às 17 horas, num hotel em Lisboa.

Mais Notícias