Exclusivo

Rastreios oncológicos ainda não estão ao nível pré-pandemia

Rastreios oncológicos ainda não estão ao nível pré-pandemia

Impacto nos diagnósticos preocupa Liga Contra o Cancro, que estima mais de 30 mil mortes em 2020.

Apesar da retoma, os rastreios oncológicos não estão ainda ao nível dos valores registados em 2019. Deixando milhares de casos por diagnosticar. Uma situação que preocupa a Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC), que defende ser "urgente uma reorganização do sistema nacional de saúde".

De acordo com os dados do Portal da Transparência do SNS, em novembro passado face a período idêntico de 2020 tinham-se realizado mais rastreios ao cancro colorretal (+2%) e mamografias (+1%). Mas, comparando com período homólogo de 2019, registava-se uma quebra de 4% e 16%, respetivamente. Já o número de mulheres com papanicolau atualizado - fundamental para a prevenção do cancro do colo do útero - caiu 5% face a 2020 e 14% face a 2019.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG