O Jogo ao Vivo

Contratos

Rede de creches vai ter mais de mil novas vagas

Rede de creches vai ter mais de mil novas vagas

A rede pública de creches vai ter mais de mil novas vagas dispersas pelos distritos de Aveiro, Braga, Lisboa, Porto e Setúbal, depois de, esta quarta-feira, serem assinados os contratos para a construção e reabilitação de 25 equipamentos sociais.

Em comunicado, o gabinete da ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, adianta que os contratos que vão ser assinados, no âmbito do programa PARES 2.0., implicam um investimento de 12 milhões de euros, metade dos quais de comparticipação pública.

"Ao todo, serão abrangidas 1.214 vagas", lê-se no comunicado, que acrescenta que "mais de mil correspondem a novos lugares a criar".

Estes contratos têm como objetivo alargar e consolidar a rede de creches existente no país, tendo sido privilegiados "os concelhos mais carenciados em termos de taxa de cobertura de creches".

De acordo com o gabinete de Ana Mendes Godinho, os contratos são relativos a concelhos dos distritos de Aveiro, Braga, Lisboa, Porto e Setúbal, onde "será aumentada e consolidada a rede de oferta em respostas nas áreas da infância".

Acrescenta ainda que em novembro do ano passado foram assinados contratos para 15 creches, no total de 915 vagas, sublinhando que "o planeamento territorial, o estímulo ao investimento e o alargamento do nível de proteção social são alguns dos objetivos do PARES 2.0.".

Os contratos assinados em novembro corresponderam a um investimento de 11,1 milhões de euros, dos quais 5,9 milhões de euros do erário público, tendo as vagas ficado dispersas entre os municípios de Paços de Ferreira, Paredes, Vila Nova de Gaia, Almada, Seixal, Loures, Odivelas, Amares, Vizela e Condeixa-a-Nova.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG