O Jogo ao Vivo

Premium

Roupa solidária lusa já vestiu 38 mil crianças

Roupa solidária lusa já vestiu 38 mil crianças

Desde que foi criado, há três anos, o grupo português do projeto Dress a Girl Around the World já entregou "27 mil vestidos e 11 mil calções a crianças carenciadas em 22 países".

Os números foram avançados durante o primeiro encontro nacional, no Cais do Bico, na Murtosa, por Vanessa Campos, a brasileira (neta de uma costureira e de um alfaiate portugueses) que, quando se mudou dos Estados Unidos para Portugal, trouxe o projeto de costura solidária com ela. Desde então, a comunidade cresceu e conta com cerca de 5000 elementos que, direta e indiretamente, ajudam a confecionar as roupas e a entregá-las.

São peças que cobrem o corpo e ajudam, também, a proteger as crianças de "predadores sexuais", por não ficarem tão expostas, explicou Rachel Cinader, a americana que fundou o projeto. Há uma década, no Uganda, comoveu-se com uma menina que usava um vestido rasgado e as máquinas de costura solidárias nunca mais pararam de trabalhar, tendo já costurado 1,5 milhões de peças de roupa, entregues a menores de 81 países.

Outros Artigos Recomendados