Autárquicas

Rui Moreira quer maioria absoluta na Câmara e na Assembleia Municipal

Rui Moreira quer maioria absoluta na Câmara e na Assembleia Municipal

Rui Moreira quer conquistar uma "dobradinha", ou seja, maioria absoluta na Câmara e na Assembleia Municipal. Para tal, apresentou, esta terça-feira, um manifesto eleitoral que garante ser centrado nas pessoas. O autarca e candidato independente compromete-se, por exemplo, a dar refeições gratuitas nas escolas do 1º ciclo e a prolongar a isenção de IMI para jovens.

"Queremos finalmente conseguir ter a maioria na Assembleia Municipal e ganhar Paranhos. Para nós, essas conquistas são importantes. Nunca tívemos maioria nos dois e isso permite-nos cumprir mais depressa as promessas do programa eleitoral", revelou Rui Moreira, depois de ter apresentado o seu manifesto eleitoral, elaborado pelo ex-presidente da Comissão de Coordenação Regional do Norte, Fernando Freire de Sousa, uma figura associada ao PS, conforme o próprio assumiu.

Segundo Rui Moreira, a "dobradinha" da maioria absoluta é importante para que não ocorram com as 229 medidas do seu manifesto eleitoral o mesmo que aconteceu, por exemplo, com a revisão do PDM (Plano Diretor Municipal) que demorou demasiado tempo. "Se tivermos maioria absoluta podemos entregar mais rápido aos portuenses o que eles pretendem", reforçou o presidente da Câmara do Porto e recandidato, como independente, pelo movimento "Rui Moreira: Aqui há Porto!".

Entre as medidas que o candidato independente pretende implementar mal tome posse para um terceiro mandato está a gratuitidade das refeições escolares (almoços e lanches) para todas as crianças que frequentem o ensino pré-primário e o 1º ciclo no concelho. Uma medida que acredita ser "perfeitamente sustentável" financeiramente e que diz ser "justa".

"É uma medida muito justa que não deve estar ligada às condições económicas de cada família", considerou Rui Moreira, no final de uma arruada pelo centro da cidade do Porto, que se seguiu à apresentação do manifesto eleitoral na sua sede de candidatura na Avenida dos Aliados.

Para o candidato independente, as refeições gratuitas nas escolas têm que ter o mesmo tratamento que foi dado aos transportes gratuitos para alunos até aos 18 anos de idade, ou seja, tem que ser universal.

Moreira prometeu ainda prolongar o prazo de isenção de IMI para jovens até aos 35 anos, por mais três anos para os solteiros e por mais cinco anos para os casados, além da criação de parques de estacionamento para moradores, de taxas baixas de água e de recolha de resíduos e do aumento da rede de creches públicas.

PUB

Para Rui Moreira, são medidas que podem atrair mais pessoas a residir no concelho, por um lado. Por outro, inserem-se nos objetivos de um manifesto eleitoral que diz ser centrado nas pessoas. "Pretendemos continuar a apostar nas pessoas, que as pessoas tenham mais qualidade de vida, que vejam aliviadas as pressões que sentem no dia-a-dia, melhores condições nas escolas, para a terceira idade", referiu para sintetizar assim: "O que pretendemos é colocar dinheiro nas nãos das pessoas".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG