Crise política

Rui Rio cancelou agenda pública e mantém silêncio

Rui Rio cancelou agenda pública e mantém silêncio

Líder do PSD já não vai estar presente no evento marcado para este sábado, em Gondomar, mantendo-se afastado do público, sem comentar a ameaça de demissão do Executivo de António Costa.

Rui Rio cancelou a presença no evento Youth4Europe, que decorre este sábado na Escola Secundária de Rio Tinto. O Departamento de Imprensa e Relações Públicas do PSD não justifica o cancelamento da agenda do presidente do partido que tem estado em silêncio desde que, ao final desta sexta-feira, o primeiro-ministro ameaçou demissão se for aprovada a iniciativa parlamentar viabilizada pelo PSD e CDS.

PUB

Ao início de sexta-feira, Rio classificou a crise política do Governo como um "golpe de teatro" motivado pela campanha para as eleições europeias. O presidente do PSD explicou que a proposta da Comissão Parlamentar de Educação e Ciência, aprovada na quinta-feira, para a contagem integral do tempo de serviço dos professores "não tem qualquer impacto orçamental" e que o partido "manteve a posição que tem há mais de um ano".

Ao final do dia, António Costa falou ao país e ameaçou com a demissão do Governo caso aquela iniciativa seja aprovada na globalidade, o que deverá acontecer até dia 15.

Rui Rio é o único dos quatro líderes partidários que aprovaram a contagem integral do tempo de serviço dos professores que ainda não se pronunciou sobre a ameaça de demissão. Rio convocou de urgência uma Comissão Política do PSD para a manhã deste sábado no Porto. Todavia, o presidente do PSD evitou as perguntas dos jornalistas, já que o local da reunião não foi revelado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG