Autárquicas

Salvador Malheiro diz que candidatos do PSD têm direito a "timing" próprio para anúncio

Salvador Malheiro diz que candidatos do PSD têm direito a "timing" próprio para anúncio

O atual presidente da Câmara de Ovar afirmou esta quarta-feira que o momento para anúncio de uma candidatura social-democrata às eleições autárquicas de 2021 deve ser escolhido pelo próprio candidato, em sintonia com a estrutura local do partido.

"Concordo completamente com esta lista [indicada pela direção nacional do PSD] e com os termos em que foi apresentada, porque deixaram claro que, mesmo havendo aprovação prévia, cada candidato tem o direito de escolher o timing próprio para o anúncio, de acordo com os seus interesses e os da estrutura local do PSD", declarou Salvador Malheiro.

As declarações do autarca que cumpre atualmente o segundo mandato à frente daquela autarquia do distrito de Aveiro e é vice-presidente nacional do PSD, surgem depois de o partido ter divulgado uma lista de autarcas que se podem recandidatar "na hora e no momento que desejarem", por já terem homologação garantida por parte da estrutura hierárquica social-democrata.

Contactado pela Lusa, Salvador Malheiro ainda não quis falar da recandidatura, mas disse ter participado no processo que conduziu à listagem prévia de 77 presidentes de câmara previamente validados pelo PSD para a corrida às urnas, como tornado público esta manhã pelo secretário-geral e coordenador autárquico nacional do partido, José Silvano.

Silvano apresentou esta quarta-feira 77 recandidatos a presidentes de Câmara, entre os quais Salvador Malheiro em Ovar.

O autarca e vice-presidente do PSD justifica o adiamento da divulgação: "Nesta altura estou focado na concretização do plano de ação para o município de Ovar e no momento oportuno é que farei saber se me recandidato ou não", observou Salvador Malheiro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG